quinta-feira, 29 de setembro de 2016

FMI volta a dar as cartas no Brasil.

Após reunião do Presidente Biônico MiShell Fora Temer com representantes do FMI no dia 26 último, o Fundo já se sente a vontade para voltar a determinar direcionamentos à nossa política econômica.

O Fundo sugere que desvinculemos o salário mínimo dos programas sociais, façamos a reforma trabalhista para reduzir a informalidade (segundo o fundo), aprovemos a PEC que congela investimentos, "gastos", pelos próximos 20 anos, enfim, quer que aprofundarmos as reformas prometidas por este governo o quanto antes.

Apesar de o FMI ter divulgado um relatório recente onde eles declararam que as medidas de austeridade não trouxeram qualquer melhora para as questões sociais nos últimos anos, muito pelo contrário, o FMI continua recomendando o recrudescimento das medidas neoliberais como resposta às crises econômicas.

E nesse mote, o FMI segue plantando a semente da concentração de renda.

Diz a lenda que um vampiro só pode entrar em uma casa se ele for convidado. Pois foi o que nos aconteceu. Após termos expulsado o mal, agora nós o convidamos de volta à nossa casa.

http://g1.globo.com/economia/noticia/2016/09/fmi-recomenda-revisao-do-salario-minimo-e-reforma-trabalhista-no-brasil.html

quarta-feira, 28 de setembro de 2016

Parente vai reduzir a dívida da Petrobrás pela metade, em dois anos?!

Como a Petrobrás vai reduzir R$ 250 bilhões em dívidas em dois anos?

Parente disse que fará isso. Ele planeja vender uma lista de ativos a preço de banana. E á esta lista inclua-se o Pré sal.

Inclusive, MiShell Temer teve reunido com o presidente da Shell, Ben van Beurden, o qual agradece penhoradamente pela a abertura do Pré sal.

Como fará isso?

Considerando que a dívida da Petrobrás é de 500 bi, isso me diz duas coisas: a dívida era irrisória frente ao faturamento da Petrobrás ou essa dívida era uma mentira.

De qualquer modo, isso não justificaria a doação do patrimônio da Petrobrás como está sendo feita e como está planejado para se fazer.

terça-feira, 27 de setembro de 2016

Delegado da PF não quer saber de corrupção de tucano.

Durante coletiva dada pela PF, pela 35° fase da Vaza Jato, operação boca de urna, a qual prendeu Antônio Palocci, o delegado Filipe Pace disse que tem fartas provas do envolvimento da Odebrecht com pagamento de propinas para as obras do metrô e coleta de lixo em São Paulo, entre outras tantas. Mas quando foi perguntado sobre os recebedores destas propinas, ele tergiversou e citou várias pessoas ditas "peixes pequenos". Isso é porquê, para variar, a corrupção do PSDB não vem ao caso e estes casos não envolvem ninguém do PT.

segunda-feira, 26 de setembro de 2016

Temer está preocupado se ficará inelegível em 2018. Por quê???

Temer diz aos quatro ventos que jamais seria candidato em 2018, contudo, segundo a Folha, pessoas próximas a ele teriam dito que ele viu uma possibilidade de não se tornar inelegível em 2018 por conta da abertura de jurisprudência vinda de uma cidade do interior de São Paulo, Louveira.

http://www1.folha.uol.com.br/poder/2016/09/1816822-defesa-de-temer-quer-usar-decisao-no-interior-de-sp-para-ficar-elegivel.shtml?cmpid=newsfolha

Neste município ocorreu uma disputa eleitoral onde o candidato a prefeito da cidade foi multado por fazer doações acima do permitido à candidatos aliados em 2010.

Ao apresentar sua candidatura para 2016, foi barrado pela Justiça Eleitoral por conta do fata de que teria se tornado inlegível por oito anos pela lei da Ficha Limpa. A qual determina um limite para doações de pessoas físicas (2% do arrecadado pelos candidatos). Contudo, o Tribunal regional Eleitoral de São Paulo entendeu, por 4 a 2 que a diferença entre o permitido e o que foi pago, não representa abuso de poder econômico.

Em 2014, Michel Temer teve o mesmo problema ao fazer uma doação para dois candidatos do PMDB. Ele pagou uma multa na época e, teoricamente estaria inelegível por 8 anos. Contudo, o caso de Louveira abriu jurisprudência para que Temer possa recorrer de tal decisão. Inclusive, os advogados de Temer já teriam entrado em contato para saber se poderiam utilizar o caso como jurisprudência.

Qual a preocupação de temer?

Ele não disse que não será candidato?

A não ser por um fato, os Artigos 224 e 81 do Código Eleitoral, os quais dizem:

https://jus.com.br/artigos/11418/a-realizacao-de-novas-eleicoes-no-bienio-final-do-mandato

A realização de novas eleições diretas é medida que vem sendo aplicada pelos Tribunais [01] na ocorrência da nulidade de mais de 50% (cinqüenta por cento) dos votos válidos em determinado pleito, por força do art. 224, do Código Eleitoral, editado em 1965, nos seguintes termos:

Art. 224. Se a nulidade atingir a mais de metade dos votos do País nas eleições presidenciais, do Estado nas eleições federais e estaduais, ou do Município nas eleições municipais, julgar-se-ão prejudicadas as demais votações e o Tribunal marcará dia para nova eleição dentro de 20 (vinte) a 40 (quarenta) dias.

No entanto, essa jurisprudência firmada acerca da realização de novas eleições diretas, em cumprimento ao dito art. 224, carece, com a devida venia, de reparos, aqui, no que tange ao reconhecimento judicial definitivo e eficaz da nulidade que lhe deu causa nos últimos dois anos do período de mandato, tudo em razão das eleições indiretas previstas no § 1°, do art. 81, da Constituição, abaixo transcrito:

Art. 81. Vagando os cargos de Presidente e Vice-Presidente da República, far-se-á eleição noventa dias depois de aberta a última vaga.

§ 1°. Ocorrendo a vacância nos últimos dois anos do período presidencial, a eleição para ambos os cargos será feita trinta dias depois da última vaga, pelo Congresso Nacional, na forma da lei.

Agora temos um cenário onde, a partir de 1 de janeiro de 2017, caso Temer caia, o Congresso poderá fazer uma eleição indireta para Presidente.

Existe alguma dúvida sobre quem seria o candidato eleito?

O candidato que nunca deixou o palanque de 2014, Aécio Neves. Este é apenas um palpite meu.

Quem viver verá...

Meireles quer que voltemos a comer nas mãos do FMI?

El País:

A Argentina tenta recuperar sua relação com o Fundo Monetário Internacional (FMI), praticamente rompida há 10 anos sob o Governo Kirchner. Uma missão do Fundo chefiada pelo italiano Roberto Cardarelli começou uma visita de 10 dias ao país para elaborar um relatório definitivo sobre as reformas de Mauricio Macri e, em especial, sobre as novas estatísticas oficiais – as anteriores tinham perdido credibilidade. Se o texto for favorável, como espera o Governo argentino, marcará mais um ponto no retorno da Argentina à ortodoxia econômica e ao financiamento internacional interrompido durante o kirchnerismo. Apesar de o FMI continuar sendo um tema polêmico no país, o Governo procura uma aproximação como um novo gesto para atrair investimento internacional.

Assim como Macri na Argentina, Henrique Meireles, aparentemente, está desejando um retorno de rabinho entre as pernas para o colo do FMI.

Caso contrário, por quê ele estaria em reunião, na data de hoje, as 10:00 hs, com representantes desta instituição?

Apesar de o governo ilegítimo de Temer ter ampliado o déficit da meta de superavit fiscal de 96 para 170 bilhões, nós temos US$ 378 bilhões em reservas internacionais.

Nós nos tornamos credores desta instituição, não devemos nada a eles. Muito Pelo contrário.

O que justificaria uma conversa com os abutres do Fundo?

Acredito que a resposta nos será dada em breve. E não vamos gostar dela.

domingo, 25 de setembro de 2016

Temer quer movimentos pró impeachment para suavizar reformas perante opinião pública.

http://m.folha.uol.com.br/colunas/monicabergamo/2016/09/1816377-temer-chama-mbl-para-pensar-como-tornar-reformas-mais-palataveis.shtml?cmpid=facefolha

Com uma coisa eu tenho de concordar, o Presidente Fora Temer é generoso com quem lhe é fiel.

O Presidente Fora Temer chamará alguns grupos dos movimentos que lideraram os protestos pró impeachment para conversar e dar um um formato mais "palatável" às reformas da previdência e trabalhista. Quem já está na lista é o MBL.

O que O GOLPISTA não entende é que as pessoas que pediram a saída de Dilma não se importam com estas reformas, eles estão até felizes.

O OBSCURANTISTA precisa se preocupar é com as pessoas que são contra o impeachment. Estas sim serão atingidas por estas reformas. E esse pessoal do MBL, Vem pra Rua e Revoltados online não os representa.

Vou lhe dizer uma coisa: se Fora Temer fizer isso, ele cometerá um erro estratégico irreparável.

sexta-feira, 23 de setembro de 2016

Mais um capítulo infame da Lava Jato.

Resultado de imagem para eike batista
Os advogados de Eike Batista, por meio de nota no dia de ontem, disseram que a doação que teria sido pedida por Guido Mantega não foi uma contrapartida pelos contratos de construção das plataformas P-67 e P-70.

Em nota, os advogados afirmam que o pedido foi feito para doação ao partido com vias a pagamento de dívidas de campanha e o dinheiro teria sido depositado em conta no exterior identificada pela esposa do marqueteiro João Santana, Mônica Moura.

Nunca é demais lembrar que este foi o motivo pelo qual o ex ministro Guido Mantega foi preso durante a cirurgia de sua esposa. Prisão esta que, por tamanha arbitrariedade, foi revogada pelo juiz Sérgio Moro.

Apenas a título de informação, segundo a Folha, o Eike Batista ainda não firmou qualquer acordo de delação premiada com a força tarefa da operação Lava Jato. Isto quer dizer que, por enquanto, ele não tem medo ou receio de ser preso pelo que está falando.

http://www1.folha.uol.com.br/poder/2016/09/1815952-defesa-de-eike-reafirma-depoimento-e-diz-que-doacao-nao-tem-relacao-com-contratos-de-plataformas.shtml

Vale ressaltar também que Eike Batista tentou entregar uma lista com doações feitas à vários candidatos das mais variadas matizes políticas como Cristovan Buarque do PPS e outros do PSDB aos investigadores da Lava Jato.

Vocês são capazes de dizer qual foi a reação dos investigadores?

Isso mesmo!

Eles ignoraram a informação.

Isto pode ser visto em vídeo no Portal GGN de Luis Nassif por volta do instante 5'30".




O que esperar de uma investigação feita por uma polícia e uma justiça políticas?

quinta-feira, 22 de setembro de 2016

The Intercept: "MICHEL TEMER DIZ QUE IMPEACHMENT ACONTECEU PORQUE DILMA REJEITOU ‘PONTE PARA O FUTURO’"

Segundo o site The Intercept, Temer deixou escapulir o que todos já sabiam, que o impeachment não foi um julgamento jurídico e sim político com propósitos bem específicos de levar ao poder uma direita que jamais o alcançaria disputando votos da população.

Segundo o site, Michel Temer disse em discurso para empresários e investidores nos EUA:

“E há muitíssimos meses atrás, eu ainda vice-presidente, lançamos um documento chamado ‘Uma Ponte Para o Futuro’, porque nós verificávamos que seria impossível o governo continuar naquele rumo. E até sugerimos ao governo que adotasse as teses que nós apontávamos naquele documento chamado ‘Ponte para o futuro’. E, como isso não deu certo, não houve adoção, instaurou-se um processo que culminou agora com a minha efetivação como presidência da república.”

Como Dilma não aceitou a ponte para o futuro, ela foi apeada do poder.

Existem dúvidas se ela não teria sido retirada se tivesse aceitado a tal ponte.

Pouca antes da votação do impeachment na câmara no dia 17 de abril, ela já havia cedido o que podia e não podia, no entanto, não houve misericórdia.

Existem dezenas de justificativas para o impeachment de Dilma, contudo, nenhuma delas é por conta de "pedaladas" ou por decretos de suplementação orçamentária. Isso segundo suas próprias excelências os deputados e senadores. Fala-se, inclusive, os mais "contundentes", em conjunto da obra e falta de governabilidade.

Mas isso é motivo para impeachment?

Espetáculo degradante na prisão de Guido.

Resultado de imagem para operação arquivo xDurante a 34ª etapa da Operação Lava Jato deflagrada hoje, chamada de Arquivo X, um dos presos foi Guido Mantega, o qual teria sido delatado por Eike Batista.

Eike Batista disse que Mantega teria pedido R$ 5 milhões em propina para a campanha do PT em troca do contrato de construção de duas plataformas de exploração de petróleo: P-67 e P-70 em 2012.

Guido Mantega estava no hospital Albert Einstein acompanhando a esposa enquanto ela fazia uma cirurgia.

Para não invadir o hospital para prendê-lo, a PF ligou para o ex-ministro e o pediu para que viesse a rua para ser preso.

A PF de Moro performou o espetáculo mais degradante desde a "condução coercitiva" de Lula.

O "freak-show" foi tão impactante perante a sociedade que alguns parlamentares utilizaram seus perfis em redes sociais para criticar o modo como a operação foi feita.

Não se sabe até que ponto isso foi impactante na decisão de revogação da prisão por Moro, mas o fato é que ele rescindiu a sua decisão de prender Guido Mantega.

O Juiz Rei de Curitiba disse que não havia o conhecimento por parte da PF, MPF ou dele mesmo com relação a situação de saúde da esposa de Mantega e de que ele a estava acompanhando.

Protagonista nos bastidores desta pantomima bestial e deplorável, Sérgio Moro um dia será desmascarado em suas ações truculentas e teatrais em suas verdadeiras intenções com toda esta Lava Jato.

PS.: Não se quer com isso defender criminosos. Caso Lula, Dilma, Mantega, o PT ou seja lá quem for estiverem envolvidos em contravenção comprovadamente, que sejam presos e paguem pelo que fez.

A crítica que se faz aqui é contra o modo como estão sendo feitas as prisões e os vazamentos seletivos das delações.

E por isso Moro deve pagar.

Após toda degradação a PF tenta se explicar:

A NOTA DA PF

Sobre o cumprimento de mandados durante a 34ª fase da Operação Lava Jato, a Polícia Federal informa:
1 – Ao comparecer hoje, às 6hs, na residência do ex-ministro da Fazenda Guido Mantega para o cumprimento de ordens judiciais, constatou-se que apenas o filho adolescente do investigado e uma empregada doméstica estavam presentes no local;

2 – Ao serem informados pelos ocupantes do apartamento que Mantega encontrava-se no Hospital Albert Einstein, a PF dirigiu-se ao local;

3 – Nas proximidades do hospital, policiais federais fizeram feito contato telefônico com o investigado, que se apresentou espontaneamente na portaria do edifício;

4 – De forma discreta e em viatura não ostensiva, o investigado acompanhou a equipe até o apartamento e, já tendo feito contato com seu advogado, foi então iniciado o procedimento de busca.

5 – Tanto no local da busca como no hospital todo o procedimento foi realizado de forma discreta, sem qualquer ocorrência e com integral colaboração do investigado.

quarta-feira, 21 de setembro de 2016

1% do PIB está preso na Lava Jato, no entanto, a SAMARCO...

As grandes empreiteiras brasileiras estão todas presas na Lava Jato impossibilitadas de gerar riquezas para o país.

Por que o governo não pega a tutela provisória destas companhias e fecha logo um acordo de leniência para que as empresas possam voltar a construir e fazer o país realmente volta a crescer?

Nem isso ele faz.

A oposição trabalha em nome do "quanto pior melhor".

Contudo, o presidente Fora Temer libera uma obra da Samarco, empresa pertencente à Vale e responsável por um dos maiores acidentes ambientais do país. Obra esta que prevê a construção de uma dique que alagará o vilarejo de Bento Rodrigues inteiro, em Mariana.

Em nome de um golpe parlamentar, este país piorará muito antes de se reerguer.

Ciro Gomes parte para guerra - Se precisar sequestramos Lula.



Ciro Gomes disse que se voluntariará para formar um grupo com juristas e se caso perceberem que Lula sofrerá uma prisão arbitrária, ele seria capaz de sequestrar Lula e deixá-lo em alguma embaixada.

O MPF convocou uma coletiva de imprensa para mostrar uma apresentação de Power Point, o qual Reinaldo Azevedo chamou de acusação "inepta". E apresentou esta denúncia à Sérgio Moro, o qual aceitou a denúncia.

A partir de agora Lula poderá se defender perante Sérgio Moro contra a denúncia de lavagem de dinheiro e corrupção passiva.

Ciro Gomes disse que será candidato a presidente em 2018 caso Lula não concorra.

Caso Ciro o jogue em alguma Embaixada, que o jogue na embaixada da Nicarágua. Eles nos devem este favor por conta de Manoel Zelaia.

Petrobras sob nova direção.

Resultado de imagem para pedro parentePedro Parente, presidente da Petrobras, deverá baixar o preço da gasolina para tentar segurar a inflação. A qual não sede mesmo com os juros estratosféricos da Taxa SELIC.

Dilma represou o preço da gasolina de forma irresponsável para segurar a inflação. Esta manobra foi execrada (de forma hipócrita, pois todos gostam de gasolina barata) por toda oposição.

A execração chegou ao ponto de Paulo Roberto Costa dizer que o Petrolão foi nada frente ao prejuízo causado pela precificação artificial do combustível, cerca de R$ 80 bilhões.

Em meio a toda esta onda de austeridade, o que as oligarquias, a aristocracia, a classe média vão dizer?

Nova AGU, Grace Maria Fernandes Mendonça, é filiada ao PSDB.

Resultado de imagem para grace maria fernandesQuando questionada sobre sua filiação, pela revista ÉPOCA, a Ministra disse que nem lembrava.

Esta filiação é 30 de abril de 1997.

http://epoca.globo.com/tempo/expresso/noticia/2016/09/ministra-da-agu-e-tucana-ha-mais-de-19-anos-e-diz-que-nao-sabia.html

A sucessora de Fábio Medina, o qual teria saído por questionar supostas tentativas do governo Temer barrar a Lava Jato, disse que esta filiação, a qual nem lembrava, jamais interferiu em seus trabalhos a frente da Advocacia Geral da União.

Mas, de qualquer modo, ela já disse que pedirá a desfiliação do partido.

A partir daí estará livre para fazer o que quiser sem que seja associada a qualquer partido.

O que terá mudado com esta desfiliação?

Neste ponto, eu gostaria de fazer duas perguntas:

Quantas pessoas mais são filiadas à partidos dentro da PF, AGU, STF, TCU, MPF, STF, etc?

Como podemos confiar que estas pessoas são totalmente imparciais, isentas?

Presidente Fora Temer na ONU - Comédia da vida pública.

Resultado de imagem para temer na onuTemer é um líder nato. Democracia e direitos humanos são sua assinatura. Não é a toa que foi defendê-los na ONU.

Michel Temer é reconhecido por onde passa.

Em seu caminho todos gritam seu nome:

FORA TEMER!

Sua fama o precede...

"Nosso" presidente sabe usar próclises, mesóclises e ênclises.

"Nosso" líder fala tão bem que antes de falar todos já o entendem. Por isso as delegações de Cuba, Venezuela, Costa Rica, Equador, Bolívia e Nicarágua deixaram a assembléia da ONU ou nem entraram quando souberam de sua palestra.

E em sinal de respeito, todos o fizeram em silêncio de tal modo que Serra, que estava sentado a frente, disse não ter percebido. Disse que o impacto foi ZERO. A retirada de seis países do Plenário da Assembléia da ONU causou impacto ZERO para outras nações. Foi imperceptível.

Isso, definitivamente, é sinal de respeito.

Todos já sabiam o que ele ia dizer.

Contudo, só para ter certeza, o "Ministro" das Relações Exteriores, Serra pediu ao secretário-geral das Relações Exteriores, Marcos Galvão, que chamasse ao Itamaraty o embaixador da Costa Rica, Jairo Gabel Bermúdez para entender o motivo da saída desta delegação.

Serra queria saber se todos haviam realmente entendido o que o presidente Fora Temer tinha acabado de falar.

O nome do "Presidente" brasileiro ecoa nos quatro cantos do mundo:

FORA TEMER!

FORA TEMER!

FORA TEMER!

FORA TEMER!

Esse nome impõe "respeito"...

Mais um ato do espetáculo circense do Golpe Parlamentar

Na calada da noite de segunda-feira dia 19/09/16, tentou-se aprovar projeto de lei de 2007 que daria anistia ao criminosos enquadrados no crime de caixa dois para beneficiar os políticos que estão implicados na Lava Jato.


Graças a alguns deputados que eram contra e que fizeram muito barulho, a votação foi "suspensa".

O Presidente substituto da casa, o primeiro secretário Beto Mansur (PRB-SP), enquanto Rodrigo Maia está como Presidente da República, disse que foi chamado de última hora para presidir a votação e que não estava sabendo do que se tratava. Entretanto, ele não falou quem estava por trás daquela votação.

Rodrigo Maia disse não saber, mas, dificilmente, esta votação teria ocorrido sem o seu aval.

Já durante o dia de ontem, Geddel Vieira Lima, Ministro da Secretaria de Governo, disse ser "pessoalmente" favorável a esta medida.

O Ministro menosprezou a manobra de segunda-feira afirmando que se o MP está propondo um projeto de lei para criminalizar esta prática, é porquê ela ainda não é crime. E, naturalmente, caso esta lei seja aprovada, ela não será retroativa. Isto é natural e o Congresso não pode ter medo de discutir o assunto. Segundo ele.

http://politica.estadao.com.br/noticias/geral,geddel-diz-ser-favoravel-a-projeto-que-da-anistia-a-pratica-de-caixa-2,10000077231

Geddel disse ainda que não podemos confundir as acusações de caixa 2 no TSE com as acusações corrupção da Lava Jato.

A operação Lava Jato já está sendo silenciada e será aos poucos, a pequenas dentadas.

A nova AGU, Grace Mendonça, tomou posse no dia 14/09. A advogada entra no lugar de Fábio Medina Osório, que deixou o cargo em meio a declarações de que estaria sendo afastado porquê estaria denunciando tentativas do Planalto de interromper as investigações da Lava Jato.

Grace se disse surpresa com as denúncias de seu antecessor e que são infundadas, pois a lava Jato não teria mais como ser parada.

Apesar de declarações em contrário, a realidade que se mostra é diametralmente oposta.

As ações como esta na Câmara, nomeação de ministros implicados na Lava Jato, retirada da urgência das ações contra corrupção aprovadas pelo governo Dilma, entre outras só contribuem para impunidade e estão tentando passar despercebidas. Todas ações que, aos poucos, vão minando e reduzindo alcance da operação.

Lentamente, Sérgio Moro e a Lava Jato sumirão na penumbra.


Um belo dia você vai acordar e não mais se lembrará que um dia existiu Sérgio Moro.


http://m.folha.uol.com.br/poder/2016/09/1814968-camara-poe-em-votacao-projeto-para-tentar-salvar-alvos-da-lava-jato.shtml

segunda-feira, 19 de setembro de 2016

Nós ainda não sabemos lidar com a justiça. E por isso o golpe será vitorioso.

Resultado de imagem para justiça cega
Nós vivemos durante 500 anos sendo massacrados por uma aristocracia sem ter a quem recorrer. Em uma sociedade onde os oligarcas é que comandavam. Nós fechamos este período com chave de ouro, com uma ditadura sangrenta de 21 anos. Portanto, nós não sabemos lidar com a justiça. Nós nunca fomos apresentados a ela. Hoje, depois de 31 anos, nós temos uma vaga ideia de como ela seja.
A gente sabe repetir alguns clichês do tipo: "todos são inocentes até que se prove o contrário". Mas não entendemos o significado desta frase, em sua plenitude. Esta frase tem sua importância não pelos culpados, mas sim pelos inocentes.

Como não conhecemos a justiça, nós somos muito propensos a nos deixa levar pelo sentimento. E quando se fala em justiça deve haver a razão. Não pode haver partidarismo. Não pode haver paixão. E para quem julga, principalmente.

Por isso fiz questão de assistir todos os 90 minutos da apresentação dos procuradores e vi que foram feitas várias acusações. E não foi mostrada qualquer prova. E além disso, algumas acusações sequer se sustentam como pode ser visto na matéria da Folha.

http://m.folha.uol.com.br/poder/2016/09/1814563-denuncia-contra-lula-se-choca-com-declaracoes-de-delator-da-lava-jato.shtml?mobile

Assim como somos naturalmente conduzidos pelo emocional, mais do que pela razão, a mídia entende isso e usa a favor de seus interesses.

Os procuradores não solicitaram uma coletiva de imprensa sem motivo.

Os procuradores foram a mídia para fazer uma apresentação de cerca de 90 minutos de acusações contra Lula sem mostrar uma única prova, apenas falando em "convicção" e "fortes indícios", apenas para criar um ambiente beligerante, um ambiente de guerra.

Os procuradores não precisavam fazer aquele show de pirotecnia. E digo mais, não podiam. Eles deveriam ter apresentado a denúncia para Moro e pronto. Mas o que se queria era criar um ambiente de linchamento. De pré condenação perante a opinião pública. E conseguiu.

As pessoas consideram o que viram, apesar de não haver provas, como verdade absoluta.

Outro detalhe que é possível perceber é o seguinte:

Lula foi o "maestro" de um esquema de BILHÕES, segundo os procuradores, mas só teve direito a pouco mais de 3 milhões de reais em reformas;

Lula é o chefe da quadrilha, segundo os procuradores, então precisamos libertar José Dirceu, pois ele foi preso, com base na teoria do Domínio do Fato, como o chefe da quadrilha;

Outro ponto é o seguinte:

A PF concluiu no relatório da operação Triplo X que o Apartamento NÃO é de Lula. Portanto, como ele pode ser acusado de ter recebido benesses em um apartamento cuja a PF concluiu que não é dele?

Como as pessoas, simplesmente, desconhecessem a ambiência da justiça, elas não sabem que hoje, o juiz Moro deve aceitar a denúncia contra Lula, em seguida ele será julgado e terá de se defender perante o Juiz, caso ele seja condenado, ele poderá recorrer a 2ª Instância, onde será julgado novamente. Caso seja condenado ele poderá recorrer para o STF, mas ele já estará inelegível para 2018. E este é o grande ponto.

Uma vez inelegível para 2018, o golpe de estado parlamentar estará encerrado.

Aí neste momento veremos a Lava Jato desaparecer como que por encanto. As pessoas não vão nem perceber.

Manter-se-á uma estrutura mínima apenas para, de vez em quando, aparecer na TV mostrando burocracia para dar a impressão de que tudo continua como antes, mas na verdade, as caçadas aos políticos terão terminado há muito tempo. E apenas estes políticos serão as opções em 2018.

Dilma inviabilizada e Lula inelegível é a senha para que as antigas oligarquias retornem ao poder em 2018 e desta vez com votos.

Eis que o golpe é lavado e se transforma em "democracia".

Amém!

domingo, 18 de setembro de 2016

Espetáculo de Delagnol, uma ode ao nada.

Seria uma boa descrição da "peça" acusatória, da denúncia dos procuradores contra Lula.

Eu me dei ao trabalho de assistir aos cerca de 90 minutos da apresentação de Power Point de Deltan Delagnol para constatar que a palavra menos dita foi "prova" e em seu lugar ele usou "fortes indícios" ou "convicção".

Ah sim... Ele não disse a tal frase: "nós não temos provas, mas temos convicção". Ele apenas deixou isso implícito.

Quando se faz uma acusação como a feita pela procuradoria, uma presença mínima de provas torna-se obrigatória, do contrário teremos apenas um espetáculo midiático como o que foi performado pelos procuradores.

A direita, a mídia, a classe média raivosa estavam todos esperando que os procuradores, ao convocarem uma coletiva de imprensa, apresentassem uma miríade de provas contra o "maestro da orquestra criminosa".

Reinaldo Azevedo, colérico de ódio por seu coito interrompido, classificou a denúncia de "inepta", justamente por não apresentar provas. Ele disse que foi uma vitória para a defesa de Lula.

Se Lula é um "maestro", os procuradores são dramaturgos de espetáculo mambembe. E ao assistir a este espetáculo, ocorreram-me duas inconsistências: se Lula é o grande maestro de um esquema de Bilhões, como só lhe coube a ninharia de pouco mais que três milhões? E se Lula é o grande Kahuna, então é preciso libertar José Dirceu. Pois o ex ministro da Casa Civil de Lula foi condenado por ser o grande chefe do mensalão. Condenado com base no "domínio do fato".

Afinal, quem é o grande maestro?

Eu acho que o grande maestro é o próprio Procurador Deltan Delagnol, em seu espetáculo de mediocridade vazia, mambembe e "inepta".

sábado, 17 de setembro de 2016

Contagem regressiva para Moro.

Resultado de imagem para deltan dallagnol sergio moroDefinitivamente, o procurador Deltan Delagnol deixou Sérgio Moro em uma brutal enrascada.

Segunda-feira, Sérgio Moro terá de Prender Lula, mesmo com esta acusação "inepta" como diz o colunista mais reacionário da mídia tupiniquim, Reinaldo Azevedo.

Reinaldo Azevedo não disse isso pelo fato de aquela peça ser o que realmente é, apenas uma apresentação de Power Point. Ele disse isso porquê ele esperava que realmente fossem apresentadas as provas.

Reinaldo Azevedo sentiu-se em um coito interrompido pelos procuradores do MPF.

O Procurador Deltan Delagnol impediu que o colunista chegasse ao seu orgasmo literário escrevendo as costumeiras barbaridades infundadas sobre Lula, mas desta vez seriam com base em provas.

O "colonista" (como diria PHA) não imaginou que os procuradores convocariam uma coletiva de imprensa apenas para mostrar uma apresentação de Power Point.

Para ele foi como a fatídica derrota do Brasil por 7x1.

Não é possível!!!

Este parêntese foi apenas para dizer que, se até o mais reacionário dos colunistas diz que a denúncia do MPF foi vazia, como é que Sérgio Moro fará para aceitar a denúncia?

Caso Sérgio Moro aceite, ficará clara a perseguição política e se ele não aceitar, como fica a Lava Jato?

Como ficaram os ânimos das oligarquias anti-petistas?

Para onde direcionarão todo o seu ódio?

Este ódio poderá se voltar contra o próprio Moro, o qual a classe média dirá que está recebendo dinheiro do PT.

Segunda-feira será o grande dia para o Juiz Rei da República de Curitiba.

sexta-feira, 16 de setembro de 2016

Os Procuradores efetivamente não disseram a frase "não temos provas, mas temos convicção".

Resultado de imagem para ineptaContudo, eles deixaram isso implícito.

Procurador Roberson Henrique Pozzobon

"Precisamos dizer desde já que, em se tratando da lavagem de dinheiro, ou seja, em se tratando de uma tentativa de manter as aparências de licitude, não teremos aqui provas cabais de que Lula é o efetivo proprietário no papel do apartamento, pois justamente o fato de ele não figurar como proprietário do tríplex, da cobertura em Guarujá é uma forma de ocultação, dissimulação da verdadeira propriedade"
.

https://www.youtube.com/watch?v=uQitPGuP5-8

Procurador Deltan Dallagnol

"Provas são pedaços da realidade, que geram convicção sobre um determinado fato ou hipótese. Todas essas informações e todas essas provas analisadas como num quebra-cabeça permitem formar seguramente, formar seguramente a figura de Lula no comando do esquema criminoso identificado na Lava Jato."

"Mas nós precisamos lembrar que as investigações continuam, o trabalho do Ministério Público não termina aqui, as investigações continuam e se nós formarmos a convicção de que eles são responsáveis por esses crimes eles serão igualmente acusados."
De fato, eles não disseram esta frase, mas eles afirmaram suas convicções com tanta veemência que não se deram ao trabalho de mostrar provas, apenas convicções.

Os trabalhos começaram e vão continuar, segundo o procurador Dellagnol, com base em convicções.

A apresentação feita pelos procuradores foi tão vazia de provas que até a mídia que os apoia criticou o trabalho, chegou ao ponto de Reinaldo Azevedo (ex-colunista da VEJA e atual da FOLHA) criticar com furor a coletiva dos procuradores. Não porque ele ache que não seja justo acusar um inimigo seu sem provas, mas porquê ele está perdendo uma grande chance de ter um orgasmo literário escrevendo sobre como Lula é corrupto e como ele será preso. Ele já faz isso, mas agora seria com base em "provas". Ele se sentiu como em um coito interrompido pelos procuradores da República.

"Espetáculo de Deltan Dallagnol só serve à impunidade de Lula"

Início do texto de Reinaldo Azevedo é risível:

"Não escrevo, não falo e não penso para saciar a sede de sangue de ninguém".

(Além da dele mesmo).

"O que estou sustentando é que a denúncia é inepta e que a força-tarefa, com o seu gosto pela ribalta, prestou um favor imenso à defesa do ex-presidente".

"Não por acaso, o PT e os advogados de Lula comemoraram. Não por acaso, Rodrigo Janot ficou preocupado. Se a Procuradoria-Geral da República não botar ordem na bagunça, o resultado será a impunidade."


Portanto, não há prova mais irrefutável de que a acusação do MP foi vazia do que ver a própria direita mais reacionária falando que a denúncia do Ministério Público contra Lula foi "inepta".

E seguindo na esteira dos fatos, próxima segunda, Sérgio Moro deve divulgar se aceita ou não a denúncia do Ministério Público contra Lula.

Apesar de os próprios jornalões e juristas dizerem que a denúncia foi vazia, será que Moro vai aceitar?

quinta-feira, 15 de setembro de 2016

Sustentando o passado recente: Joe Biden diz que governo americano apoia Temer.

http://brasil.elpais.com/brasil/2016/09/07/internacional/1473281921_337121.html?id_externo_rsoc=FB_BR_CM

Não podia ser diferente.

Eles foram um dos patrocinadores do Coulp d'État no Brasil. Nada mais legítimo do que apoiar o presidente biônico Michel Temer.

O renomado professor e economista canadense Michel Chossudovsky afirma que o Golpe teve início em Wall Street.

“Em nome de Wall Street e do ‘consenso de Washington’, o ‘governo’ interino pós-golpe de Michel Temer nomeou um ex-CEO de Wall Street (com cidadania dos EUA) para dirigir o Ministério da Fazenda”, diz Chossudovsky referindo-se a Henrique Meireles.

Henrique Meireles é figurinha fácil no governo, desde FHC, passando por Lula e agora com o presidente biônico Temer.


Apesar de Obama dizer que Lula era "o cara", ele prefere um governo brasileiro mais afeito ao "Way of Life" americano.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...